Musicas

sexta-feira, 9 de outubro de 2015

Conversa a 2 sonhei...

Olá desculpa eu não estar onde combinamos mas...não tenho tido forças para subir. Sabes que isto de subir as estrelas diariamente e tu não apareceres também me consome, não é fácil deixar o hábito de te contemplar. Eu sei que estás ai mas, isso é muito diferente de estares ali. Com isto não quero que sintas que te estou a prender, pois o k nos une é a nossa liberdade, é o estarmos sem hora de chegar ou partir.
Com isto apenas quero k saibas que sinto a tua ausência, que valorizo cada segundo que estou perto de ti. Gosto de subir e descer montanhas nos teus olhos, de me deitar nas dunas de mergulhar nos oceanos de sentir a brisa fresca da tua respiração.
É bom saber que também gostas!
Detesto cada vez que tropeço nas tuas lágrimas, cada vez que tenho que nadar no mar do teu sofrimento.
Quero levar-te nos suspiros que alimentas com o teu sorriso, quero voar, quero amar.
Vou dormir com o desejo de te encontrar, no nosso jardim dos sonhos.
Vou adormecer e sentir que sonhei...que vivi o mesmo mundo que tu, o nosso mundo de desejos de uma vida a dois.
E depois, depois...voltar!!!

quarta-feira, 30 de setembro de 2015

Benfica




BENFICA 

                                                   ATENÇÃO HOJE JOGA PORTUGAL



                                               












sexta-feira, 25 de setembro de 2015

2000

Não sei quem és, ou até sei, sinto que gostas.
Sei que andas por ai, que és um dos 2000, quero agradecer-te por me ajudares a escrever.
Sem ti não conseguiria abrir a porta, não espremeria o coração até à ultima gota,
sem ti não ficaria horas a teclar.
Apenas o faço porque sei que estas ai.
Sei que muitas vezes consigo fazer uma lágrima, descer os degraus do teu olhar, e ficar no beiral a contemplar as minhas palavras.
Sei que suspiras, que te custa acreditar que sou eu que estou deste lado, não imaginas, que deste lado existe um coração de manteiga.
Eu imagino as minhas palavras a percorrer o teu corpo e deixar-te relaxada, como um aroma a café e canela!!!
Gosto de te tocar com as minhas palavras, e quero com isso sentir o desejo de escrever cada vez mais!!!
Gosto de passear na rua, e imaginar que esse sorriso meigo que libertas enquanto caminhas, é resultado de uma leve brisa das minhas palavras.
 Gostei de chegar até aqui mas...já que me pediste com a tua leitura para escrever mais, agora sou eu que peço, quero mais muito mais, quero inundar os teus sentidos, e fazer-te sentir despida de tudo!!!
Até já e obrigado por estares ai...


Nasci para mim...

Hoje apeteceu-me brincar na calçada...
Hoje apeteceu-me cuspir para o chão...
Hoje apeteceu-me dizer tudo, o que tinha fechado dentro de mim...
Hoje morri...sim hoje morri, para ti, para eles, para elas, morri para o mundo, mas...nasci para mim!!!
Nasci para tudo o que já tinha esquecido, para o verde dos campos, o som do mar, nasci para mim!!!
Amanhã serei eu, e simplesmente eu.
Serei a minha calçada, serei tudo aquilo que escondi, viverei para mim.
O sol irá nascer para mim, a chuva irá cair só para mim, será tudo eu, o meu eu.
Não tentes, viver para mim, pois no meu eu, não haverá espaço para ti.
Não vou sorrir porque tu queres, vou sorrir porque, vou simplesmente viver a sorrir, mesmo quando não estou a sorrir!!!
Quero que saibas que não me vais fazer chorar, não me vais derrotar, porque simplesmente, nada me vai derrotar, nada me vai tirar de onde eu quero estar, do local que eu escolhi, para mim, para a vida!
Sinto o fogo dentro de mim, sinto a chuva, sinto a paz, sinto tudo e não quero sentir nada.
A estrada que percorro, é longa, tem lombas e alguns buracos mas...tem flores, e borboletas que dançam comigo a valsa da vida, tem pássaros que me acenam...
A estrada que percorro é longa, muito longa e eu vou chegar ao fim, olhar para trás e dizer, que é aqui onde cheguei será o principio de tudo!!!

domingo, 12 de julho de 2015

Saudades...

Sei que gritas, sei que choras,pois mato a sede nas tuas lágrimas.
Para mim também não é fácil, viver sem viver, sem a loucura que nos unia.
Escolhi um buraco para viver, a que muitos chamam paraíso, sem ti a água é lama, a areia são pedaços de vidro, que me machucam o coração a cada passo.
No canto dos pássaros, oiço as tuas gargalhadas.
Saudades...muitas saudades.
Deixei tudo para trás e tentei caminhar sem rumo, mas as pernas não respondem á minha vontade, pois estão ancoradas às nossas brincadeiras.
Muitas das vezes não sei se é dia ou noite, os olhos estão turvos, o meu coração está desgastado demais, para tentar bombear alguma esperança.
Gostava de saber quem partiu, tu ou eu, ou se ficamos cada um na sua ponta do pesadelo.
Gostava de voltar mas...os vidros cortam-me os pés e o coração já não tem força.
As tuas lágrimas estão a secar, e estou a morrer de sede... #ramgi



domingo, 21 de junho de 2015

Por Ti

Existem coisas que não conseguimos compreender, porque chora o nosso coração????
Porque grita tanto, dentro de nós???
Porque se esconde, quando perdemos alguém, nem que seja por breves momentos??
Tenho saudades tuas, finjo que sou forte mas...a tua respiração é que me embala durante a noite!
Já não consigo dormir, sem te dizer boa noite.
São milhares os sorrisos, as brincadeiras...o pouco que tenho nesta vida, é aquilo que me dás.
Peço-te que um dia que penses em partir, não feches a porta, para eu ir atrás de ti!!!!
Quando estou longe de ti, não me sinto, não me vejo, não existo.
És o meu abrigo, o meu ninho...
Estes 25 anos em que me deixas-te fazer parte de ti, passaram tão depressa, que me lembro do primeiro dia como se fosse ontem, do primeiro olhar, do primeiro beijo!!!
Ainda posso fechar os olhos e sentir esse momento!
Não existe nada neste mundo que me possam dar, que tenha mais valor que aquilo que tu já me destes, és única... #ramgi


...