Musicas

domingo, 26 de junho de 2011

Portugal

Existe muita gente que gosta de cantar o Hino Nacional, cantam na casa de banho, no quintal, na pesca, no estádio e até nos enterros!!!! Mas será que essas mesmas pessoas, serão capazes de fazer o que diz a letra desse tão belo hino???? Está ai a primeira de muitas oportunidades, não devemos pensar pequeno, temos que sentir a grandeza que existe dentro de nós, e arranjar maneira de a colocar em prática.
Nós somos um belo povo, somos bonitos, inteligentes, e com uma força do outro mundo!!!
Nós somos Portugal, somos vida, alegria e vamos pegar nas "armas" e vamos lutar.
Gosto de ver a alegria com que os nossos novos Ministros encaram as coisas, com energia, com vontade de vencer, não lhe podemos consumir essa energia, gostei de ouvir o Sr. Francisco Assis do Ps, dizer que estamos numa fase de ajudar e não criticar!
Será o nosso povo capaz disso??
Tive uma leve esperança de ver o anterior Ministro da Administração Interna, vestir o fato de macaco e encarar os fogos de frente, sempre o vi como uma pessoa muito próxima das instituições que representava, esta equipa já encomendou os fatos, agora falta vesti-los!!!

terça-feira, 14 de junho de 2011

Avô

Vamos descer avozinho?
Não meu querido neto, o avô não aguenta esta descida, é muito grande e as minhas forças já não são as mesmas da subida. Quero ficar aqui e contemplar o resultado de todo este esforço, agora és tu que decides se queres descer ou continuar a subir. A vida é o resultado de muitas subidas e descidas, e temos que saber juntar todos os momentos, para dai tirar o sumo da vida.
O avô está fraco, os anos não perdoam!
Mas eu quero continuar a correr contigo, a jogar à bola, a pescar, a ver o teu sorriso!
Subimos esta montanha da vida os dois, agora tu é que tens a cana e tens de ensinar alguém a pescar, ajudar a subir a montanha!
Avô não feches os olhos, quero ficar sempre com a imagem de que estas a olhar para mim!!
O avô tem que fechar os olhos para descansar, e para tu começares a guiar-te pelos teus olhos e não ficares à espera de uma resposta nos meus!
Avô tens as mãos frias e elas sempre foram tão quentes!!!!
Avô....

Tu e eu....

Onde andas??
Aqui.
Ao fim de tantos anos, tantas conversas, suspiros é a primeira vez que não te estou a sentir!!
Falas bem dos anos, tantos abraços, o perfume que eu espalhava sobre ti, estou a sentir um aperto, saudades será??
Mas se estás aqui, o que te faz sentir saudades?
Podemos estar presentes, e não sentir o vazio preenchido!
Será esse o motivo, pelo qual eu não te estou a sentir?
Sinto-me fraca e sem energia, acho que não me vou levantar mais!
Mas tu sempre foste forte, sempre foste a sombra que me protegeu de tudo!
Sinto uma paz enorme a percorrer-me, a brisa toca em mim de maneira diferente, já não sinto os pássaros a saltitar nos meus ramos, e já não te vejo como via.
Porquê????
Vou partir, mas ficam as minhas raízes, bem perto de ti, e à noite ainda te posso tocar sem estar, e tu apesar de eu estar ausente, vais-me sentir-me presente!

segunda-feira, 13 de junho de 2011

Amigo Laranjinha

Nunca pensei ter um amigo com nome de fruta, mas tal como tudo na vida eis que apareceu! E por acaso é daquelas pessoas às quais se pode chamar amigo, senão vejam, ele é tão amigo que se espreme todo para dar um pouco dele a todos os que precisam, ao ponto de até o coração, ele querer dar. E foi preciso uma intervenção divina, para que tal não acontecesse, e lá remendaram o Amigo, e fecharam de novo. Por acaso Amigo, és das poucas pessoas que me surpreendem, por isso tens tanta gente que gosta de ti, por isso eu nunca te convido para os meus anos, pois sei que ias ser o centro das atenções e eu sou muito ciumento! O pessoal tem saudades tuas, das tuas histórias, das tuas anedotas, e até do táxi! Vê lá se melhoras, para poderes sair do ninho, e não te peço mais, que poder ver o teu sorriso sem dor!
Sem ti o pessoal anda espalhado, perdido no emaranhado do pensamento, em que vê e sente todo o sofrimento que tens passado, tu e a tua querida Laranjinha ou Titi como preferirem, ela não caminha como o fazia quando estavas junto dela, leve como uma pétala de uma rosa, levada pelo vento, ela arrastasse como jesus com a cruz às costas, ela não sorri, ela tenta sorrir, pois o desejo de te ter junto dela, leva-lhe o sorriso para junto de ti. Tens ai uma bela Dama e nem o vila morena dos Damáia a faziam sorrir agora, mas eu prometo que quando sentir a tua energia positiva de volta, a canto de novo.
Agora sei o motivo porque és arquitecto, pois só tu consegues colocar em pé o pilar que sustenta a alegria de todos os teus amigos!!!!!
Melhoras

domingo, 12 de junho de 2011

Pai

Vou ser pai novamente, e ao contrario de muitos que os primeiros pensamentos vão para as dificuldades que dai possam surgir. Eu, sinto-me a entrar numa espiritualidade relaxante, como estando a meditar nos sete cumes de uma só vez. Temos que sentir esta nova entrada na família, como o ar que respiramos diariamente, algo que foi feito por nós, que não nos pertence e nos adoptou para fazermos parte da sua evolução. Temos que o amar, tratar, e encaminhar para ele se tornar forte e moldar o que esta à sua volta ao seu jeito, e não à nossa maneira.
Só assim poderá existir evolução, caso contrario as coisas vão-se repetindo, e a tristeza, a derrota, a vida não será vida, mas sim um prolongar do passado!!!

Buraco

Estamos no buraco até à cabeça, ao contrario da avestruz que tem a cabeça no buraco, mas sabem o que ela pensa???
-Onde anda a minhoca????
É o que nós temos de fazer, pensar onde anda a saída.
Não podemos ficar à espera que os politicos façam o trabalho de casa por nós, ou então tb lhe teríamos que pedir para resolver outros problemas, que gostamos de ser nós a resolver.
Se não houver comboio vamos a pé, se a estrada estiver cortada, vamos dar a volta.
Mas por favor,não fiquem parados!!!!!!

sábado, 11 de junho de 2011

A Dois...

Tudo começa a dois, Pai e Mãe, Mãe e Filho e a saga continua, o Sócrates deixou de ter insónias com os passos de coelho e com as portas a abrirem e fecharem e eis quem têm que se juntar novamente, mais dois, Passos e Portas e todos os pensamentos e decisões tem que ser a dois. E começo a pensar onde apareço eu,o terceiro elemento? E eis que surge a resposta, tenho como parceira a crise, olá companheira não queres ver se eu estou na esquina. E ela responde: Não amigo, a esquina já está ocupada!!!!!!Vais ter que levar comigo.

Serei

Serei sempre eu um amigo do amigo,e seguindo certos lemas, como aqueles que nos fazem acreditar que o dia difícil foi o de ontem pois já não o podemos mudar!
Nunca estamos sós, pois temos a sombra de todos aqueles que nos amam, a proteger o nosso coração de todas as tempestades, que nos possam assombrar!
Também existe a companhia do pensamento de todos os que nos detestam, que serve para nos aquecer com a energia negativa que tanto gastam.
E podemos sentir os indiferentes, aquelas pessoas que se estiveres caído num charco, aproveitam o teu corpo para não molharem os sapatos. Se queremos mudar temos que nos sentir primeiro, e dar valor a cada movimento do nosso corpo, ao respirar, ao olhar, abrir o coração e começar a ama-lo. E só depois conseguiremos sentir o que nos rodeia!!!